Os Nosso Alvos Para o Ano Novo

Assim como o ano passado, o Ano Novo também já está passando. Daqui a pouco estaremos em clima de Natal novamente! Bem diz a Palavra de Deus: “... Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece” (Tiago 4:14). O tempo voa com muita rapidez e, por isso mesmo, não podemos desperdiçar as nossas vidas com os problemas e derrotas de sempre. A boa notícia é que a nossa mudança se inicia com atitudes pequenas e fáceis de serem alcançadas.

Que tal determinar se encontrar com Deus todos os dias, de preferência no mesmo horário, para ouvir a Palavra dEle e falar com Ele pessoalmente, agradecendo, confessando pecados e intercedendo por outras pessoas? Isso se chama Comunhão com Deus e é de suma importância para quem deseja ser um bom pai, uma boa mãe, um bom filho ou simplesmente um bom crente. Em geral, a nossa frieza espiritual só ocorre quando não passamos tempo de qualidade com Deus.

Que tal frequentar a igreja e não perder mais nenhum culto da mesma forma que não faltaríamos ao trabalho e nem chegaríamos atrasados para uma entrevista de emprego? A Assembleia dos Santos (outro nome dado à igreja) simboliza o nosso amor e compromisso para com o reino de Deus, além de nos dar forças para enfrentar as dificuldades desta vida. Fazer parte de uma igreja significa conhecer os irmãos ao seu redor, saudar os visitantes e usar os seus dons espirituais para edificar o Corpo de Cristo e glorificar o nome de Deus. Assim como no ano passado, a igreja continua sendo o termômetro que marca o grau de nossa fé no Ano Novo.

Que tal entregar os dízimos e participar fielmente na Promessa de Fé para Missões? A décima parte dos nossos ganhos demonstra nossa gratidão a Deus por todas as bênçãos que Ele derrama sobre as nossas vidas e as ofertas missionárias são pura expressão de amor. Nossa igreja, que veio a existir através dos dízimos e Promessa de Fé de outros irmãos, não pode ficar do lado de fora do plano de Deus para alcançar o mundo com o Evangelho de Jesus Cristo.

O ano passado passou juntamente com todos os nossos pecados confessados e abandonados. O Ano Novo promete vitórias principalmente se esses alvos, comunhão com Deus, participação na igreja e contribuição financeira, fizerem parte da nossa lista de prioridades. Como podemos ter certeza disso? Porque Deus não mente! “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33).