Imagine!

Enquanto cantava a música IMAGINE, John Lennon se aprofundava no mundo das drogas e agredia Yoko Ono, sua esposa, e seu filho dentro de casa. Suas escolhas pessoais, desde a mocidade, o levaram a uma vida sem objetivo. Assim como um usuário de drogas, no mundo da lua, ele imaginava um planeta terra exatamente sem os seus quatro maiores temores: céu, inferno, fronteiras e trabalho. Se o céu e o inferno fossem realidade, ele sabia que faria parte do segundo lugar devido à sua falta de fé em Jesus Cristo. John Lennon tinha medo das guerras, pois ele não se considerava nem britânico e nem americano, mas cidadão mundial. Finalmente, ele não acreditava no capitalismo e no direito à propriedade privada. Este foi o mundo inimaginável de John Lennon!

Jesus nos ensinou sonhos maiores e melhores que os ideais dos hippies dos anos sessenta. Ele nos pediu para imaginarmos uma vida de amor, perdão, generosidade, paciência, submissão às autoridades, trabalho, honestidade e autocontrole justamente porque o céu e o inferno existem. O Sermão da Montanha, como ficou conhecido, espelha os maiores objetivos dos cidadãos do Reino de Deus.

Para sermos abençoados e abençoarmos precisamos seguir as virtudes de Jesus tais como a humildade, a paz, o perdão e a justiça. Este sermão revelou que só Jesus Cristo conseguiu cumprir a lei de Deus na sua íntegra, mas que a lei mais importante é a morte do nosso EU e a exaltação de Deus em nossas vidas. Ajudar os necessitados sem buscar reconhecimento, orar e fazer jejuns em segredo, não deixar que as preocupações da vida transtornem a nossa alma e o nosso espírito e não passar julgamento sumário sobre as pessoas. Imagine só uma igreja assim! Imagine só uma família assim!

John Lennon imaginou o impossível, mas eu e você, com a morada do Espírito Santo em nós, podemos fazer parte do Reino de Deus e de todas as suas virtudes: “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33).