Alvos que Nos Diferenciam

ALVOS QUE NOS DIFERENCIAM

O ensino de que o povo de Deus deve ser diferente de todos os demais povos deste mundo permeia a Bíblia do começo ao fim, tendo como razão motivadora o relacionamento peculiar que tanto a nação de Israel no passado como a igreja hoje desfruta em relação a Deus. É bom que o salvo perceba que os alvos que direcionam sua vida são absolutamente superiores aqueles que conduzem a vida das pessoas neste mundo, reconhecendo assim a sublime missão que lhe foi conferida “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” (1 Pedro 2.9). É desta forma que devemos reconhecer o propósito elevado dos alvos a que o Senhor nos conduz neste novo ano.

Primeiramente, SEJA FIEL A IGREJA a que o Espírito Santo lhe dirigiu a fazer parte, reconhecendo sua responsabilidade na manutenção e progresso da obra de Deus, cumprindo com suas obrigações de forma alegre e sincera, como bem nos exorta a palavra de Deus “Não deixando nossa mútua congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia” (Hebreus 10.25).

Neste mesmo espírito, PROMOVA OS MINISTÉRIOS DA IGREJA como algo valioso e suficiente para suprir as inúmeras necessidades espirituais tanto dos salvos como daqueles que ainda necessitam conhecer Jesus Cristo, reconhecendo que através dos ministérios desenvolvidos pelo Espírito em meio a igreja Deus está aperfeiçoando seu povo, como nos ensina o apóstolo Paulo “Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo” (Efésios 4.12).

Da mesma forma, reconhecendo seu papel como embaixador de Cristo, ESPALHE A MENSAGEM DA IGREJA DE JESUS por onde você for, levando aos perdidos a única mensagem capaz de conceder-lhes a paz que tanto necessitam, demonstrando assim sua submissão e amor ao mandado do Mestre “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura” (Marcos 16.15).

Quão necessário é que através da prática destes alvos demonstremos a este mundo que não estamos perdidos e desnorteados como aqueles que não conhecem o Senhor, mas que nosso viver possui uma direção e propósito que nos enchem de vida.

Pastor Fabiano Almeida