Precisamos de Mais Heróis Da Fé

PRECISAMOS DE MAIS HERÓIS DA FÉ

ORA, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se veem. Porque por ela os antigos alcançaram testemunho” (Hebreus 11.1,2)

Há duas razões pelas quais uma igreja não deve lamentar perder seus membros. A primeira delas é quando os membros de uma igreja, em obediência ao chamado do Senhor, são enviados ao campo missionário a fim de ganhar almas para seu Salvador. Isso não é perda, é investimento. O segundo caso envolve os membros da igreja que são chamados a glória de seu Salvador, deixando a comunhão com os salvos neste mundo para unirem-se a Jesus e aos salvos nos céus. Também neste caso não há perda, mas sim o cumprir da preciosa promessa do Mestre de receber os redimidos no lar celestial.

Em um curto espaço de tempo nossa igreja viu serem promovidos ao lar celestial três preciosos irmãos que marcaram nossas vidas por meio de um testemunho de amor e dedicação a Cristo e sua igreja mesmo em meio as lutas e dificuldades presentes nesta vida. No dia 20 de julho o céu recebeu nosso amado pastor Jaime Rose, que dedicou 54 anos de sua vida a salvação e edificação do povo brasileiro. No dia 03 de setembro nossa amada irmã Ana, uma verdadeira guerreira de oração, foi chamada a encontrar seu suficiente Salvador, deixando-nos um legado que dificilmente será superado. E então, dia 22 de setembro, recebemos a notícias que o Dr. Roger Peterson foi reunido aos santos nos céus, recebido por seu amado Salvador, razão de sua vida e ministério, o que pessoalmente testemunhamos em suas muitas visitas ao Brasil.

Como disse o autor aos hebreus, não é possível enumerar em um só capítulo das Escrituras o nome dos milhares de heróis da fé, rol no qual hoje incluímos os nomes de Jaime, Ana e Roger. Porém, devemos nós refletir seriamente a respeito da razão porque reconhecemos estes irmãos como verdadeiros heróis da fé. Primeiramente, reconhecemos neles a ação poderosa de Deus os capacitando a confiarem em Seu poder e permitindo-se usar para Sua glória. Mas também o que nos faz reconhece-los como heróis da fé é a capacidade que revelaram de servir a Deus em meio as dores e aflições desta vida sem esmorecer, como os “aflitos e maltratados” (Hebreus 11.37) citados no capítulo 11 da epístola aos hebreus.

Que o Senhor nos conceda mais heróis e heroínas da fé, dispostos a glorificar a Deus em qualquer situação.