Não Existe Vacina Contra a Morte

NÃO EXISTE VACINA CONTRA A MORTE!

 

        Os cientistas jamais encontrarão a fórmula para a vida eterna, mas, graças a Deus, eles estão conseguindo a cura para certas doenças e, principalmente, o prolongamento da vida. Daniel profetizou que os Últimos Dias seriam caracterizados pela ciência (12:4). A mais recente descoberta foi a vacina contra o novo coronavírus que, em poucos dias, já conseguiu diminuir em 30% os casos de infecção no mundo, sendo que apenas 8% da população mundial recebeu a primeira dose do imunizante. Glória a Deus! Mas, infelizmente, assim que a Covid-19 for uma doença erradicada ou controlada no mundo, as pessoas voltarão a morrer por outras causas conhecidas do público: cardiopatias, AVCs, câncer, diabetes, etc. A morte só será vencida após o milênio e a formação dos Novos Céus e Nova Terra. Até lá, ela continuará sendo a nossa maior inimiga: “E, como aos homens está ordenado [grifo meu] morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo” (Hebreus 9:7).

        No momento, a única solução para a morte é a salvação em Cristo Jesus. Ele disse: “... Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá” (João 11:25). A esperança para a humanidade não se encontra nas descobertas científicas, mas nos pés de homens e mulheres de Deus que levam as novas de grande alegria (Romanos 10:15). A mortandade causada pelo novo coronavírus realçou a importância da Grande Comissão de Cristo. A cada pessoa intubada, com apenas 20% de chance de sobrevivência, a pergunta mais importante a se fazer é se ela já é salva e está pronta para ser julgada por Deus. Antes da pandemia, o mundo e a Igreja faziam de conta que a morte não existia; porém, com 13 mil mortes a mais em 2020 e com o colapso do sistema hospitalar no Brasil, a morte gritou de perto dos nossos ouvidos. 

        No mundo pós-pandemia, que a Igreja consiga falar de Jesus pelo menos o tanto quanto falou sobre a Covid-19 e que, ao invés de fazer uma lista dos mortos, possa começar a fazer uma lista dos que nasceram em Cristo. Que o evangelismo possa voltar a brilhar em nosso meio e os cultos sejam direcionados para a salvação de nossos visitantes, vizinhos, parentes e amigos. Só o Evangelho soluciona o problema da morte: “... Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura” (Marcos 16;15).

 

Rômulo Weden Ribeiro